Salte sem Medo: Guia Completo de Como Funciona um Paraquedas

1 0

Saber como funciona um paraquedas é uma curiosidade muito comum, principalmente entre aqueles que pretendem realizar um salto. Além disso, entender a ação desse equipamento durante uma queda livre é uma boa alternativa para perder o medo do salto de paraquedas.

Pensando nisso, preparamos um post especial para explicar como funciona o paraquedas. Confira!

O que é um Paraquedas?

O paraquedas é um equipamento utilizado para frear a velocidade de uma massa em queda. Os primeiros dispositivos com essa função se assemelhavam a um guarda-chuva, até ser aprimorado por Leonardo da Vinci no século XV.

Hoje, os paraquedas são usados para:

  • Uso desportivo;
  • Uso recreativo;
  • Em aviões;
  • Pelas Forças Armadas;
  • Envio de cargas, como alimentos, roupas e remédios.

O formato do paraquedas também interfere no funcionamento. Os dois formatos principais são:

  • Redondo: não oferece nenhuma manobrabilidade. Ele apenas traz a pessoa ou a carga até o solo;
  • Retangular: capaz de desenvolver uma performance de voo similar ao de uma asa de avião, totalmente manobrável, seguro e preciso.

Os paraquedas e os equipamentos de paraquedismo sofreram muitas mudanças ao longo dos anos e hoje, através de muita tecnologia, utilizamos os equipamentos mais eficientes e seguros da história.

As especialidades da SkydiveFoz são o salto duplo – recreativo – e salto desportivo, para atletas de todas as categorias.

O paraquedas esportivo ou de salto duplo é composto pelos seguintes componentes:

  • Velame principal: paraquedas usado constantemente nos saltos;
  • Velame Reserva: paraquedas usado em situação de emergência, quando o principal abre com problemas ou não abre;
  • Pilotinho: um “miniparaquedas”, redondo, que faz o acionamento do paraquedas, tanto do principal quanto do reserva – cada um com seu pilotinho. Quando o paraquedas está aberto, ele fica voando atrás;
  • Drogue: também é um “miniparaquedas”, só que maior que o pilotinho. É usado apenas no equipamento de salto duplo e tem a função de frear a velocidade de queda do salto duplo;
  • DAA: dispositivo de abertura automática que faz com que o paraquedas reserva abra automaticamente, caso nenhum paraquedas seja acionado;
  • Container ou harness: mochila que armazena os velames, DAA e o pilotinho.

Como Funciona a Abertura do Paraquedas?

Todo paraquedas possui uma sequência de abertura e, em cada parte executada, a velocidade vai sendo reduzida. Até o momento de parar de cair e começar a voar com o velame que estará inflado sobre sua cabeça, a desaceleração é gradativa, portanto, não há impacto forte.

Quando se está em queda livre a 200 ou até 300 km/h e é necessário acionar o paraquedas, puxa-se o pilotinho que inicia a abertura. Ele infla, puxa a bolsa do paraquedas armazenada no container e na sequência de abertura as linhas vão se soltando – as linhas ficam amarradas por borrachinhas específicas para paraquedismo junto a bolsa.

Logo em seguida, é a hora do velame sair da bolsa e inflar, abrindo por inteiro o paraquedas. Depois disso, só resta conduzi-lo até o pouso.

Com o velame aberto, a velocidade de queda diminui para aproximadamente 30 km/h. Para pilotar o paraquedas são utilizados os batoques, que permitem movimentar para esquerda ou direita, além de diminuir a velocidade para o pouso, quando puxados ambos ao mesmo tempo.

Nos saltos duplos, o equipamento usado é específico para esse tipo de salto. A principal característica é que ele tem a “drogue”, lançada em até 10 segundos após a saída do avião.

A drogue tem a função de ajustar a velocidade da queda livre do salto. O acionamento é feito através de um release – uma bolinha que tem em ambos os lados do equipamento. No salto duplo, todo o procedimento é feito pelo instrutor qualificado. O aluno só precisa aproveitar e curtir o momento!

Mas e se o Paraquedas não Abrir?

Não é comum haver problemas no acionamento do paraquedas principal. Entretanto – em todos os casos – há também um paraquedas reserva pronto para uso caso isso ocorra.

Nas situações de emergência, o paraquedas principal é desconectado e o reserva é acionado imediatamente. O paraquedas reserva tem a mesma sequência de abertura de qualquer outro paraquedas, portanto, após aberto, é só seguir com a navegação até o pouso.

Quem Dobra o Paraquedas?

A dobragem do paraquedas é uma das partes mais importantes do salto. O paraquedas principal é dobrado a cada salto por um dobrador qualificado ou pelo próprio paraquedista.

Já o paraquedas reserva deve ser dobrado por um profissional certificado e seguindo os padrões de fábrica. Além disso, a dobragem do paraquedas reserva tem o prazo de validade de 6 meses, sendo necessário redobrar após esse tempo.

Nessa dobragem, o equipamento todo passa por uma avaliação criteriosa feita pelo profissional que aprova o paraquedas para uso, certificando as condições de seguranças exigidas para utilizá-lo para o salto.

Gostou de saber como funciona o paraquedas? Compartilhe com os amigos nas redes sociais!

Imagens: SkydiveFoz e Aliexpress.

Deixe um comentário

*

Navegar